Lojistas vivem estágios mentais diferentes dentro da mesma crise! Qual o seu neste momento?

06/04/2020

 

Os pequenos e médios empresários do varejo têm demonstrado vários tipos de reações e atitudes diante da situação atual.

Analisando o comportamento da maioria daqueles com quem temos debatido as situações do momento e os novos desafios, separamos esses lojistas em três grupos genéricos, cada grupo com suas reações em comum.

 

No estágio 1, onde ainda temos a maioria, eles ainda estão em estado de choque, confusos, indignados com os fatos, querendo saídas um tanto fora da realidade, baseadas muito no que era antes, não no que é agora e com um pensamento voltado para a busca dos culpados de tudo isso. Conseguem perceber bem pouco da gravidade do momento atual e dos desafios que temos pela frente. 

Demonstram que estão muito abalados.

Muitos podem continuar assim por um bom tempo ainda. 

 

No estágio 2, uma parte menor, já conseguem entender a gravidade da situação, assumindo em parte a sua responsabilidade de ter que encontrar cada um as suas saídas. 

Parecem estar ainda em paralisia decisória, tentando reorganizar o pensamento.

Estão buscando ajuda com parceiros que contribuam positivamente neste momento. 

Eles ainda têm muitas incertezas e poucas soluções realmente efetivas, pensando e agindo ainda no “aqui e agora” e mudando suas decisões a cada fato novo. 

Não tem um plano claro de médio prazo.

 

No estágio 3, uma minoria já consegue entender mais claramente o tamanho do seu desafio.

Estão agindo com mais serenidade, conseguindo enxergar bem mais adiante, montando planos de médio prazo que ajudam a acalmar a mente, a suportar o momento atual e facilitar a tomada de decisões.

Bem informados, atuam em contato constante com outras lideranças com quem conseguem trocar opiniões, agregar conhecimentos, dados e informações de valor. 

Já enxergaram soluções e oportunidades no horizonte e sentem que essas são possíveis realizar.

Esses acreditam que a crise será rápida e as consequências terão de ser enfrentadas a partir das próprias iniciativas.

Não estão esperando muita ajuda dos governos.

Estão tomando iniciativas a partir de recursos próprios e fazendo mudanças significativas no jeito de pensar e de operar os seus negócios. 

Estão confiantes de que em poucos meses a circulação das pessoas voltará ao normal. Sabem que quando isso acontecer, quem estiver melhor preparado, iniciará um novo ciclo de vendas boas, certamente com mais competência, mais fortalecido e com conhecimentos superiores aos que tinha quando essa crise começou.  

 

Espero que você esteja neste estágio 3! 

 

Ou pelo menos que esteja pensando com serenidade e equilíbrio, o que nos aproxima mais da sabedoria!

 

Desejo isso de coração a todos vocês!

O varejo de lojas físicas ainda é um grande negócio, se for bem administrado e se soubermos vender mais e melhor do que nossos concorrentes.

 

Xavier Fritsch

 

Fonte: várias mentes brilhantes com quem tive a benção de poder debater nos últimos dias.

 

Saiba mais acessando o site www.lojasupervendedora.com.br

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Apoio:

xavier fritsch e associados LOGO 2_1.png

Nossas Redes Sociais:

  • Facebook - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

© 2017